PORTIFÓLIO DO DIEGO

NESTE BLOG, VOCÊ ENCONTRARÁ UM CONTEÚDO ACADÊMICO, INFORMATIVO E REFLEXIVO.NÃO SE ESQUEÇA DE COMENTAR.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Escrita & Reflexão

Um dia poderei entrar pela porta da vida e me deparar com um estupendo abismo que me levará para os mais difíceis obstáculos,
Poderei cair sobre espetos, troncos, pedras e até em buracos obscuros,
Também sei que um dia as minhas verdades poderão se tornar as mais puras mentiras
Entendo que a cada dia que se passe sei que menos sei, ou que nunca saberei de nada
Acordo todos os dias me perguntando onde está a verdadeira verdade
O que me impulsiona a viver já não mais é a busca pelos teres mais sim pelos poderes
Depois de pensamentos as vezes inúteis para alguns e proveitosos para outros
Me encontro dentro de um destes buracos obscuros e me deleito na possibilidade de ter mudado um milimetro deste mundo
Mas o que é um milimetro de mudanças em relação a este mundo?A resposta deste pergunta é simples, de um milésimo de milimetro surgiu o Universo, partículas minusculas construíram tudo o que hoje existe
mas se tamanhas partículas mudaram o Universo por um milimetro de mudança não pode mudar o mundo?
Sim, claro que pode. O meu mundo acaba de ser mudado em um centímetro, fico feliz em saber.
Felicidade, todos a procuram, alguns já acharam, outros estão a procura, mas a maioria nunca irá encontrá-la.
São vários caminhos, são várias portas, várias idéias, mas será que realmente estes caminhos não nos levam a  mesma direção? Não posso saber, ou melhor poderei um dia saber, a verdade é apenas uma questão te tempo seja ela aqui dentro do finito para nós, ou lá no infinito para todos.
O melhor momento de nossas vidas ou pelo menos de minha vida é quando as idéias nos dão liberdade para o espirito, a criação de novas formulas de quem ninguém jamais nos dará por te-las nos dá significado de estarmos aqui, os sentimentos esgotados em palavras e sonhos e simplesmente pelo querer e poder transformar ou até plantar afim de colher uma linda e farta promessa de milagre. O milagre da vida onde se pega a vida e se transforma em evolução se pega a consciência e a promove em amor em criação.
Mas será que hoje mudei o meu mundo? 
Não sei, gostaria que sim, pois quanto mais me esforço para ter o meu ser mas acredito que ser o que eu quero ter me torna cada dias mas livre por escolher ser o que quero ter e no que me transformo.
Uma citação linda que gosto é aquela que diz que " A verdade sempre será verdade mesmo quando digam que sua verdade não se passa de meros enganos onde a verdadeira verdade é aquela da qual  não queremos enxergar".
Quero para melhor conceituar esta reflexão é que quando amamos algo ou alguém é preciso ter paciência e acreditar no melhor de tudo, esquecendo que os caminhos cobertos por escorpiões são apenas caminhos cobertos de escorpiões e se quisermos desbravar este caminho e transformá-los em caminhos cobertos por flores temos que acreditar e trabalhar para mudarmos todos nosso caminho para sempre andarmos sobres as flores e não sobre escorpiões.
Nunca poderemos fazer nada se deixarmos de acreditar, pois tudo antes de ser verdade nasce de nossas crenças e esperanças, e quando cremos e esperamos coisas ruins ou mal organizadas teremos nossos pensamentos se materializando em coisas mal organizadas e pouco sutis de acordo com o que pensamos, portanto concluo que tudo o que precisa ser bem feito e bem organizado terá que sair de nossos pensamentos bem organizados e bem feito, lembra-se do amor? Paciência e acreditar, estas são as armas para tudo o que cremos e queremos, mas não se preocupe quanto a batalha pois todo guerreiro que enfrenta uma batalha com o escudo da Fé jamais será vencido pois sua proteção acaba de assegura-lo em sua vida.
Acredite, todos podemos, todos somos feitos da mesma formula, porém uns acreditam mais do que outros e se protegem de amor e fé.
Quiseres aqueles que já se foram mostrar-nos tudo o que conhecer-te, pois sempre serão lembrados como heróis devido sua alta vontade e prazer por mostrar ao mundo o quando é forte o poder do acreditar, porém são águas passadas, o bom já foi feito devemos pegar o bom e unir com bem é criar o ótimo para sermos dignos de dizer, eu sou um ser humano.
Não são todos que batem no peito e dizer estas palavras, o que se precisar saber é que nem sempre o muito foi bom, pois muito as vezes se torna pouco perante o pouco que transforma o muito, pequenas atitudes podem transformar basta ter um muito de bom  intenção.
Acado de descobrir o significado de muito, muito as vezes é pouco e pouco as vezes é muito, idéias as milhares nos deixam por se enganar mas a proeza eterna nos vem por revelar o quanto ainda somos muitos e fazemos pouco, basta refletir um pouco para sabermos o muito que precisa ser feito.
Alegrias e vitórias, tristezas e decepções e porque não a glória, todas viram, porém poucos as avistaram, sábios e lideres perderam as forças, mas os verdadeiros e dignos de sábios e lideres saberão qual é a verdadeira sabedoria e sábios qual a verdadeira lideranças. Deste momento é que o amor prevalecerá pois suas ferramentas atacaram e o escudo os protegerão.
Uma sorte deixo por pensar, será que tudo poderemos mudar? Quando descobrir tão resposta quero que me diga, se estiver aqui, senão passe para frente pois muitos precisaram de alento.Agora não se precipitem, pois o tempo é relativo e o espaço esta mudando a cade segundo, portanto basta sonhar e querer, ou se deleite em remoer os fracassos encontrados e não reclame, pois a fraqueza esta em não assumir a própria derrota.
A vitória pode ser conquistada por todos, porém a derrota ainda sim é merecida por muitos, mas chances sempre existiram, e a cade momento elas passam por nós e esquecemos de agarra-las como todas as forças.
Acreditar vem antes de Desistir, portanto antes de Desistir tente Acreditar e quando perder a força lembre-se do amor, e dai conseguira destruir o desistir e o acreditar sempre poderá ser lembrado como vitória.
Uma mente que se abre a uma nova idéia, jamais poderá voltar ao seu tamanho inicial.[Esintein].

Obrigado a todos, esta foi uma reflexão de momento e não costumo rele-las e nem altera-las portanto me perdoem por erros gramaticais e verbais.
Idéias são feitas para seres melhoradas e não destruídas.

Diego Elias

Gostou? Então deixe seu comentário.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

NINGUÉM É SUBSTITUÍVEL !!!


Olá, caro leitor e leitora.

Esta postagem foi um e-mail que recebi e que me identifiquei muito, sinceramente a cada dia me dou conta do quanto existem pessoas capacitadas intelectualmente, estou sobre maneira deslumbrado por palavras tão sabias que esse texto contém.
Ele fala sobre aquelas velhas falas que ouvimos de "CHEFES" sobremaneira despreparados ou as vezes ignorantes mesmo que ainda hoje acreditam que pessoas são substituídas como se fossem peças quebradas de um jogo de xadrez.
Gostei muito deste texto, me serviu como lição portanto acredito que poderá auxiliar várias pessoas para melhor organizar seus pensamentos.
Agora me diga, ninguém é insubstituível?

NINGUÉM É SUBSTITUÍVEL !!!

Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores.

Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: 
"ninguém é insubstituível"!
A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio.
Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada.

De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:

- Alguma pergunta?

- Tenho sim. E Beethoven?

- Como? - o encara o diretor confuso.

- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?

Silêncio…

O funcionário fala então:

- Ouvi essa estória esses dias, contada por um profissional que conheço e achei muito pertinente falar sobre isso. Afinal as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar. Então, pergunto: quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? 
Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? Etc.?…

O rapaz fez uma pausa e continuou:

- Todos esses talentos que marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, mostraram que são sim, insubstituíveis.Que cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Não estaria na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe, em focar no brilho de seus pontos fortes e não utilizar energia em reparar seus 'erros ou deficiências'?

Nova pausa e prosseguiu:

- Acredito que ninguém se lembra e nem quer saber se BEETHOVEN ERA SURDO , se PICASSO ERA INSTÁVEL , CAYMMI PREGUIÇOSO , KENNEDY EGOCÊNTRICO, ELVIS PARANÓICO… 
O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos. Mas cabe aos líderes de uma organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços, em descobrir os PONTOS FORTES DE CADA MEMBRO. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.

Divagando o assunto, o rapaz continuava.

- Se um gerente ou coordenador, ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de
‘técnico de futebol’, que barraria o Garrincha por ter as pernas tortas; ou Albert Einstein por ter notas baixas na escola; ou Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria PERDIDO todos esses talentos.

Olhou a sua a volta e reparou que o Diretor, olhava para baixo pensativo. E voltou a dizer nesses termos:

- Seguindo este raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos não haveria montanha, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados… Apenas peças… E nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões que 'foi pra outras moradas'. 
Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: "Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos: NINGUÉM…Pois nosso Zaca é insubstituível.” – concluiu, o rapaz e o silêncio foi total.

Conclusão:


PORTANTO NUNCA SE ESQUEÇA: VOCÊ É UM TALENTO ÚNICO! COM TODA CERTEZA NINGUÉM TE SUBSTITUIRÁ!
 

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."


"NO MUNDO SEMPRE EXISTIRÃO PESSOAS QUE VÃO TE AMAR PELO QUE VOCÊ É… E OUTRAS… QUE VÃO TE ODIAR PELO MESMO MOTIVO… ACOSTUME-SE A ISSO… COM MUITA PAZ DE ESPÍRITO…"


É bom para refletir e se valorizar!


Bom dia,Bom tarde ou Boa noite... INSUBSTITUíVEL!!!




Gostou do Post? Então deixe seu comentário.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O bolo de barro



Certa vez em um vilarejo muito pobre isolado do mundo,onde os grandes governos e grandes poderes haviam esquecido, existia uma casinha, longe.... bem no meio do sertão.
Era uma casinha pobre feita de barro e pedaços de galhos de árvore, a água era retirada do poço e a comida era retirada da pouca plantação e do lado que tinha perto dali.
Ali moravam uma garotinha e sua mãe, o pai havia morrido por doença, devido aos poucos recursos a doença tirou a vida do pai da família. Nesta época não era de costume a mulher viúva arrumar outro marido.
Neste pedacinho de chão, com essa pequena casinha feita do pouco que se tinha viviam uma garotinha e sua maezinha, o amor era tanto que as duas viviam com o pouco que tinham e lutavam sozinhas contra a fome e os poucos recursos.
Um belo dia de manha a garotinha acordou e disse a sua mãe que era o seu aniversário, ela completa-rá 10 anos estava muito feliz por estar aniversariando e pediu a sua mãe que fizesse um bolo para comemorar a sua nova idade, disse a mãe que quando chegasse da escola as duas comemorariam o seu aniversário, a felicidade da garota era tanta que sua mãe disse que faria o seu bolo assim que ela chegasse da escola.
A menina momentos depois fora para  a estrada tomar o ônibus para a escola.
A mãe da garotinha se sentou em uma cadeira triste pois não tinha condições alguma para fazer um bolo para sua filhinha, não tinha dinheiro, ou ao menos os ingredientes para fazer o bolo para sua filhinha. A mãe começou a chorar e ajoelhou para os céus e com a unica coisa que tinha, a fé, fez uma oração para a mãe de de Jesus Cristo, filho de Nossa Senhora e pediu um auxilio para fazer o bolo para que sua filhinha não perdesse o sorriso, a mãe implorou para que Deus através de a mãe de Jesus a ajudasse arrumar uma solução para tal situação.
Com muita fé a mãe olhou para a janela e viu um passarinho, o João de barro pegando um pouco de barro para construir sua casinha, então a mãe teve a ideia de fazer um bolo de barro e coloca-lo no forno para assar.
A mãe foi até o monte de barro e com suas mãos colheu um pouco de barro e levou para dentro de casa.
A mãe pegou o barro colocou em uma forma e fez um lindo bolo de barro, assim que ela acabou de decorar o bolo com o barro ela o colocou no forno .
Ajoelhou-se novamente com toda sua fé implorando para a mãe de Deus, nossa senhora que a ajuda-se, que fizesse este bolo de barro feito com tanto amor como se fosse um bolo de verdade para sua linda filhinha se transformasse em um bolo real, para que sua filha pudesse comemorar o seu aniversário que tanto a deixava feliz.
Mas enquanto a mãe fazia sua oração, alguém bateu em sua porta. A mãe finalizou suas preces e abriu a porta se deparando com uma velha senhora que lhe pediu um copo de água.
A mãe disse para a velha senhora que entrasse e se sentasse, pois o sol estava muito quente.Assim se fez, a velha senhora sentou-se e bebeu o copo com água e logo após agradecer a mãe pelo copo com água lhe disse: Minha filha obrigado pelo copo com água, estava com muita sede, agora acho que você deveria se preocupar com este bolo que está assando, o cheiro esta uma delicia mas sugiro que fica atenta para ele não queimar.
A mãe espantada correu para verificar o bolo, e quando abriu o forno se deparou com um lindo e suculento bolo de chocolate que assava exalando um cheiro delicioso de chocolate. Naquele momento a mãe se ajoelhou novamente agradecendo por tal milagre e quando começou uma nova oração a velhinha te disse: Filha polpe suas energias para comemorar o aniversário de sua filha, o seu agradecimento foi a fé da qual você tem, o amor em seu coração para com sua filha e para com os outros te faz digna de tal milagre, eu sou Nossa Senhora, mãe de Jesus e vim atender o seu pedido de mãe, quero que a partir de hoje você sempre lembre-se que Deus existe ele te mostrou isso através de mim. A mãe se ajoelhou para a velhinha e quando se levantou a mesma havia sumido deixado um cheiro de rosas no ar.
Pouco tempo se passou e sua filhinha chegou e logo perguntou: Mãezinha você fez o meu bolo?
A mãe respondeu: Não minha filhinha, eu não fiz seu bolo, Nossa Senhora esteve aqui e deixou este bolo de presente para você e a partir de hoje nossa vida ira mudar pois a nossa fé nos fez dignos deste milagre de transformar bolo de barro em bolo de chocolate.
As duas festejaram e se deliciaram com o bolo de chocolate com um leve gosto de avelã.
Mais tarde, mãe e filha tiveram uma colheita farta, compraram vários animais e construiram uma linda fazenda que passou a chamar, fazenda  "Bolo de Barro".
E a felicidade reinou até o fim de seus dias.

Reflexão

Quero dizer que qual seja sua religião, filosofia de vida ou opinião, este conto nos mostra o quando a fé é importante em nossas vidas, seja a fé em qual seja sua religião. 
O que move as coisas é a fé, fé esta que transforma vidas e nos mostra o quanto é importante em nossas vidas.
Este conto eu ouve em uma música caipira ou moda de viola que acredito que seja bem legal para aqueles que as vezes se entregam para a perdição ou não acreditam que as coisas por mais difíceis que sejam possam mudar.
Mas o que significa Fé?
Fé= (do Latim fides, fidelidade e do Grego pistia ) é a firme opinião de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão.
Ter fé e também se ter respeito pelo o que o outro tem fé, é saber o quanto o sentimento no coração de cada um vale para cada um, um bolo de barro se transformar em um bolo de chocolate sera verdade? Tenha fé e quem sabe o seu bolo de barro não se transformará em um bolo de chocolate.

Esta mensagem teve o intuito de auxiliar aqueles que as vezes se encontram em situações de dificuldade e não sabem o que fazer e como agir, pense, reflita e quando não existir caminhos aqui na terra, lembre-se que tudo isto que existe no universo só pode ser sido criado por um DEUS.

Obrigado,

Diego Elias

A Caminho da Transcendência-Logosofia


Gostaria de começar esta postagem esclarecendo o que significa a palavra TRANSCENDENTE.
Aquilo que ultrapassa. Uma realidade TRANSCENDENTE é o  que ultrapassa Nosso Poder de Conhecer; um gênio TRANSCENDENTE ultrapassa uma mídia dos Seres Humanos. Quando se diz da transcendência de Deus , evoca-se um  Deus criador, distinto de sua Criação ; contrapõe-se à imanência(ser que se identifica a outro ser)de Deus.

Na época atual com seu nervosismo ambiente tudo se move, todas as coisas estão em ciclos constantes, existem grandes movimentos do espaço e tempo, figuras em constante mudança, cenários sendo repetidos, acontecimentos sendo repetidos, histórias repetidas, aprendizados repetidos, em fim um grande ciclo vicioso universal, mas que na verdade não irá além disso.
Podemos observar o quanto o conhecimento humano evoluiu e multiplicou nestes últimos tempos, principalmente  o conhecimento e domínio do pensamento e da psicologia humana, mas deste imenso conhecimento, não surgiram idéias para o aperfeiçoamento humano, o conhecimento do homem em sua mais intima aspiração  para o conhecer de si mesmo juntamente com o seu ser.
Contudo o conhecimento filosófico trouxe a interação do conhecimento do mundo e como viver nas normas da sociedade, obstante as idéias filosóficas, metafísicas e psicológicas, não restaram um efetivo, pois o domínio destas idéias acrescenta um bom conhecimento da periferia do ser, deixando o seu núcleo em deficiência com o aprendizado do saber, do auto conhecimento, conhecimento de si mesmo.
Ma este conhecimento não se perdeu, apenas tem a somar ao conhecimento de si mesmo e aprender as diferenças destes conhecimentos enquanto substância e aplicá-los no conhecimento transcendente, aliás, é uma ótima oportunidade, é magnifico. O conhecimento real, o saber consciente é uma ótima idéia para a evolução do ser enquanto consciência.
Se imaginarmos nossa população que esta com o nível extremamente agitado, poderemos verificar as várias incompreensões de si mesmo, existentes em cada ser.  O problema é que estas incompreensões estão causando um desalinhamento mental que além de prejudicar a cada um, prejudica a sociedade como um todo, não sendo interessante nem para um e nem para o outro, pois afeta o ciclo social.
As folhas de papel, livros, revistas, e até a internet claro, são meios das quais as pessoas utilizam de toda sua avidez pela informação que o conhecimento proporciona, alguns leem por obrigação , outros para "passar o tempo", mas qual o real significado da leitura? A leitura nos traz o conhecimento, nos propicia  conhecer o até então desconhecido, nos possibilita diminuir o nosso infinito monte arenoso chamado ignorância. Mas a cada segundo, que se usa simplesmente para ler um livro como passatempo ou por entusiasmo, se joga fora segundos, horas, e momentos de sua vida. O estudo de cada informação deve ser devorado com plena consciência para que logo após possa se tornar parte de sua vida, afim de que cada passo possa incluir sempre para o transcendente, ou caso contrário você terá perdido este pedacinho de vida, e estes pedacinhos de vida uma vez perdidos podem não ser recuperados.
A mediocridade atual - me refiro aos grupos de pessoas que não tiveram ou não alcançaram uma formação cultural respeitável - configuram uma linha de pensamento de forma variável e curiosa, que vai desde o ensaio até a audácia.
Acaso aqueles que se integram das informações espalhadas e pouco inteligentes que se admiram em acreditar que podem transformar os séculos e o conhecimento transcendente, e estes mesmos ingênuos  utilizam desta idéia  abstrata afim de dominar grandes multidões e gerar mentes pensantes e não ignorantes, mas estas abstrações estão longe da realidade do verdadeiro conhecimento, portanto vivem na ilusão e na inconsciência.
Também podemos perceber que este conhecimento se torna ao mesmo tempo inútil,cheio de falhas e esburacados, pois não dão sua tentação ao saber. Existem aqueles que se utilizam de certos artifícios que não são  para qualquer um. Por um lado leem muito e escrevem, entre estes estão aqueles que apossam ingenuamente de frases e palavras em troca do minimo esforço que é a leitura requer.
Também existem aqueles que glorificam estes pseudosabedores  como sábios, as vezes não tendo como fato o seu falso saber, se vangloriam por trabalhos que não são seus e não tiveram a mínima participação nas idéias até então possuídas.
É muito fácil engordar as galinhas do seu quintal com o milho do vizinho!
O conhecimento deve ser adquirido de forma que o transcendente possa ser alimentado, não apenas como passatempo mas como algo sério e extremamente promissor, pois o conhecimento é o único bem que se pode ter para sempre sem que que você perca ou alguém os roube.
É muito bom observar que existem mentes exuberantes e que produzem belas idéias que ficam quase sempre guiando pensamentos desta ou daquela espécie,e que colaboram como se fosse um alimento para o transcendente, criando o aumento de elementos intelectuais. 
Todo este enxame mental, age como um nutriente para as flores da ilusão, que no mais tardar se poderá extrair o mais puro mel.
As flores mais lindas, muitas das vezes não se pode ser vista como teórica, no plano das altas possibilidades humanas, a realidade não permite que a ficção por mais que seja evoluida  consiga com pensamentos solitários criar a arquitetura mental consciente, pois só se pode alcançar idéias mães conhecendo as idéias universais,  pois só assim  é possível chegar aos pensamentos luminosos.
A logosofia mostra uma outra realidade, ela nos mostra o verdadeiro conhecimento, não o conhecimento das coisas que se acham de utilidade pra o aperfeiçoamento das periferias humanas, ou seja do mundo físico, mas   sim o conhecimento de si mesmo e o domínio de suas virtudes e dificuldades psicológicas, ela nos ensina a aprender a viver com estas causas e nos mostra como mudar os efeitos para um melhor esclarecimento de sua estada neste mundo.
O conhecimento logosófico faz uma verdadeira revolução de pensamentos, abaixando a bandeira até então conhecida como realidade e ergue uma bandeira nova e revolucionária chamada verdade.
Todos os pensamentos atuais com suas concepções exuberantes não conseguiram chegar a esta verdade, nem a se aproximarem de entender o seu ser, sua consciência e por fim o conhecimento de si mesmo e de Deus.
Para alcançar esta verdade é preciso limpar o entendimento todo enganoso, conhecido como sábio e  deixar o pré-conceito de lado, aprender a respeitar outros entendimentos e com isto aprender o que a ignorância o fez crer e no fim irá perceber o significado da vida.
É como um prego, se não vermos não poderemos acertá-lo mas se o enxergarmos se segurarmos conseguiremos acertá-lo e terminar o trabalho proposto. 
Ou seja entender o verdadeiro significado da vida.

Além deste texto, gostaria em respeito aqueles que leram estas frases aqui fixadas, que o conhecimento logosófico é um conhecimento extraordinário. 
As vezes por preconceito, as pessoas se sentem como medo de novos conhecimentos ou de conhecimentos implantados como falsos.
Concordo em partes sobre estes preconceitos, mas o preconceito sem pesquisa se torna burrice(ver o significado de burrice no post deste blog), temos que estar abertos a novos conhecimentos e só depois poder dizer se é verdadeiro, falso e se fez algum significado para sua vida. Mas antes disto priorize o conhecimento, acima de tudo aprender e diminuir o seu fardo cheio de ignorância.
O conhecimento logosófico prioriza o entendimento da mente, de si mesmo e de Deus, é uma boa opção para aqueles que tem defeitos e as vezes não sabem como lidar, ou até para aqueles que vivem com problemas, tanto emocionais quanto físicos.
Para finalizar gostaria de dizer que acima de tudo precisamos ser felizes, buscar a felicidade independente das situações ou acontecimentos. Aprender a viver com problemas é um passo para a felicidade, acredite.... ou se não, tente você encontrá-la.

Obrigado, 

Diego Elias

Deixe um comentário para esta postagem...

Referencia:

Livro: O mecanismo da vida consciente; PECOTCHE carlos; Ed.Logosófica

domingo, 28 de agosto de 2011

Bases para sua conduta-LOGOSOFIA


Gostaria de deixar como parte deste blog um pouco do meu estudo mesmo que não seja (ainda) acadêmico sobre Logosofia, são textos que lhe ensinam como melhorar sua conduta, mas não a conduta imposta pelas leis, mas sim a conduta como ser consciente, como ser mental que utiliza a razão para realizar sua atitudes.
Como aprendemos na Logosofia o ato de transmitir o conhecimento, o ato de ensinar o que aprendemos se torna o que muitos conhecem por CARIDADE. O ato de transmitir o conhecimento se torna-se saudável, aprendemos mais e é uma ajuda que damos ao próximo, portanto para muitos isto é uma grande conquista e para outros um grande prazer.
Espero que com alguns trechos do livro Bases para sua conduta de CARLOS BERNARDO GONZÁLES PECOTCHE você possa mudar sua vida, e se interessar em conhecer mais sobre a Logosofia possa entrar em contado com a Fundação Logosófica através do site: http://www.logosofia.org.br/.
Obrigado  e boa leitura.


"Não conforme com só saber que Deus existe. Você deve senti-lo através das manifestações conscientes de seu próprio espirito, isto lhe será possível à medida que consiga penetrar nos conhecimentos que conduzem a Ele. Esses conhecimentos o ajudarão a forjar uma conduta meritória, uma conduta que será ao mesmo tempo uma oração; a única que Deus admite: a conduta honrosa, forjada através de todos os dias da vida. Eis aí a mais bela das orações, a mais eficaz das preces; eis aí a verdadeira súplica: a que expressa uma verdade consubstanciada com a própria vida."

Livro: Bases para sua conduta, Carlos PECOTCHE

sábado, 27 de agosto de 2011

Ego e Consciência - Inspiração Logosofica


" Não se deleite nunca com as flores que o elogio prodigaliza, porque, se em lugar delas você receber de vez e, quando alguma pedra, pois pequena que seja, ela lhe parecerá enorme e, sem dúvida você dará um tamanho exagerado ao dano sofrido. Essas flores fazem adormecer, produzem atormento. As pedras, pelo contrário, despertam. O que é melhor?... Sem dúvida que as pedras, porque nos oferecem a oportunidade de transformá-las em flores formosas. Isto é alquimia, e também uma das bases onde se apoia a dignidade do homem." Pag-25. Livro Bases para sua conduta.
 As vezes aprendemos  o quanto as críticas e certas atitudes de outras pessoas para conosco são ruins, realmente não e legal ser atacado por atitudes que nos atingem, mas devemos pensar que as atitudes que as vezes nos chateiam é que nos fazem  crescer como mentes. Os elogios na maioria das vezes são muito  bem absorvidos e massageiam o nosso Ego,e quase sempre sentimos na maioria felizes. Quase sempre não existem aprendizados no elogio, pois eles nos satisfazem,o elogio apenas nos confirmam que fizemos certo, e fizemos bem, mas a critica ela nos alerta sobre o que precisamos rever, nos leva a refletir se realmente fizemos o certo ou o que deveria ser feito, devemos lembrar que a reflexão ela nos leva a pesquisa, nos leva ao conhecimento e a evolução pessoal e consciente.
 Precisamos entender todos os tipos de perfis de pessoas, são essenciais para nossa evolução, certos perfis nos ensinam o quanto é importante buscarmos a evolução consciente, pessoas nos ensinam a aprender, pessoas nos ensinam as regras de sobrevivência humana. Transformar flores em perfume é fácil, mas transformar pedras em flores é mais difícil, mas não impossível, mas necessita de boa vontade.
Refletir sobre o contexto em que vivemos é bom para nossa vida, por mas que seja difícil e conturbada, precisamos entender que é "apenas" a REALIDADE,mas o que ou até onde esta realidade pode nos afetar? Reflita você com você, passe um filme sobre sua mente e encontre a resposta.
Pense apenas no que te afeta, reflita se é certo ou errado, será que fazer o certo é sempre a verdade? Será que o errado  realmente é o errado? Precisamos entender que nossa vida é existente em sociedade, precisamos respeitar a opinião alheia por mais que parece ser vsem nexo "para você", as vezes para a outra pessoa tem "nexo" ou "lógica". Devemos aprender a conviver com as regras da nossa sociedade por mas que parecem erradas nas nossas concepções, mas sempre em busca da sua verdade. Será que as regras da sociedade são mesmo corretas? O seu consciente fica tranquilo quando você é imprimido a seguilas?Reflita.
A evolução consciente visa criar uma convivência das regras da sociedade e normas do espirito. Pensar que todas as regras da sociedade são ruins e aceitar uma critica é muito difícil, até porque nem sempre é o que queremos ou esperamos, mas a atitude é que devemos se preocupar, como agir ou como reagir, mas nem sempre as criticas são más, nem sempre as regras são ruins, a perfeição é difícil de alcançar.
Mas a perfeição e tão difícil de ser alcançada, para que então procurá-la? Nunca conheci nenhuma pessoa que alcançou a perfeição, posso garantir que não existe, mas conheci pessoas que mesmo não sendo perfeitas alcançaram uma grande evolução de espirito e consciência, que são muito especial em relação a vida. Posso afirmar que a perfeição jamais será alcançada por ninguém, devido a grande diversificação de opiniões existentes na nossa sociedade e as divergências de conceitos nos leva a acreditar nisso.
MAS, PORQUE NÃO TENTAR?      

Referências:

Livro: Bases para sua conduta-Carlos PECOTCHE.Logosofia

Imagem:http://www.evoluomental.blogspot.com/

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Cartas de Pecotche-LOGOSOFIA



 Este texto aqui escrito é do Livro de Logosofia Bases para sua conduta, gostaria de transmitir através desta breve descrição o conhecimento de Pecotche (o criador da Logosofia), para que acalente as pessoas que as vezes passam por certos tipos de situações e as vezes não sabem como agir.
  Espero que gostem.



Carta 1

 Sei que vivemos em um época muito difícil, com muitas conturbações e uma vida com muitas frustrações mentais que quase todos passam em certas fases de sua vida, pois tentam de qualquer maneira alcançar seus ideais , claro devido a gama de informações e conhecimento em que consiste nosso mundo. Vemos e quase sempre queremos absorver todo conhecimentos afim de nos tornamos úteis.
Mas o que nunca devemos esquecer é  que em todos os momentos de dificuldades devemos sempre confiar em Deus.
   “ O simples nome e a simples recordação de Deus serão suficientes para reconfortar seu espírito  e animá-lo nos transes difíceis, fazendo que as angustias que atormentem passem por você sem afetar seu coração nem delibitar  sua vontade”. Parágrafo 2/Pag.11.
    Existem momentos em que ficamos sem orientação para que lado seguir, mas devemos sempre seguir algum caminho e sempre lembrar em pensar em Deus e que ele esta junto a você, isto o confortara e auxiliara a triar  seu caminho com maior felicidade, o que na maioria das vezes não fazemos.
    Lembre-se que devemos sentir a gratidão de Deus e mostramos o quanto somos gratos a Ele. O segredo para que isto aconteça deve vir dos mais profundos sentimentos seja eles: felicidade, em conhecimento, em comodidade, seja em triunfos. Faça isto e terás a certeza de que Ele lhe ensinou estás coisas e este será o maior motivo para inspirar a sua inteligência e coração.
    O conhecimento Logosófico deve ser levado para todas as pessoas que necessitem  e queiram aprender mais sobre a vida e sua consciência, para que assim se torne melhor amigo, companheiro, mais harmonioso ou mesmo um melhor ser social e ser feliz. Um dos motivos cruciais é se tornar um ser mais consciente.
Pecotche sempre desejou transmitir estes conhecimentos de evolução consciente, acredito eu que este é um dos caminhos para um mundo melhor, com pessoas mais conscientes e racionais sobre suas atitudes.


Referência:


PECOTCHE, carlos/Livro: Bases para sua conduta- ed:Logosofica/2006

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Caso você queira ser feliz...


Quando uma senhora perdeu seu marido, a quem amava  de coração, deixou-se mergulhou em profunda tristeza.Por meses a fio não soube o que era sorrir. Certo dia ocorreu-lhe olhar para a janela afora e deparou-se com duas crianças na rua, ali ao lado. Aparentavam ser muito pobres. Traziam os pés descalços e um mínimo de roupas. Saiu então de sua suntuosa mansão e lhes perguntou:
  -Quem são seu pais?
  -Somos órfãos - responderam.
  -Quem é que cuida de vocês? - voltou a perguntar.
  -Os vizinhos nos dão alguma coisinha de vez em quando, e é assim que a gente vai conseguindo sobreviver - eles responderam.

A mulher nem se lembrou de sua tristeza.  Levou as crianças a uma loja e lhes disse:
  - Peguem o que quiserem: roupas, sapatos, doces, tudo de que vocês gostarem!
As crianças não podiam nem acreditar! Ao fazerem suas escolhas, sua alegria parecia não ter fim; e um pouquinho daquela alegria foi se insinuando no coração daquela mulher.
Ela se esqueceu sua dor e, pela primeira vez em muitos meses, deixou que sorrisos coroassem sua face.
Na medida em que tornamos os outros felizes, nessa medida - e muitas vezes bem além dela - é que a felicidade vem a nós.

Esta história nos mostra o quanto as vezes vamos longe a procura de felicidade, procuramos a felicidade em livros, distrações, comidas, lugares e etc.
A felicidade é algo difícil de ser alcançada, muitos de nós somos alegres ou estamos felizes.
A felicidade é como uma casa, precisa ser construída por etapas, não podemos dizer que temos uma casa quando na realidade possuímos apenas o terreno. Para dizermos que temos a casa precisamos construí-la de maneira que possa morar dentro dela sem que as tempestades, chuvas, sol, ventos, sereno e etc; atrapalhem sua estadia dentro desta casa. Ter felicidade é a mesma coisa, ser feliz é o mesmo que enfrentar os problemas, dificuldade ou alegrias e permanecermos bem dentro da nossa felicidade. Problemas, dificuldades são as tempestades, ventanias, serenos e o sol da nossa casa, temos que saber lidar com tudo isto e continuar bem em nossas felicidades ou melhor dizendo em nossas casas.
Que atire a primeira pedra aquele que nunca teve, tem ou terá problemas!... Problemas existem para serem resolvidos, pois é através dos problemas que se aprende a lição, um exemplo clássico é quando nos estudamos nas series iniciais, na matemática qual era o título da lição? Resolva os problemas. Se lembra? Pois bem, foi através dos problemas matemáticos que você aprendeu a somar, dividir, multiplicar e a subtrair, e é através dos problemas da vida, dos tropeções, das mágoas, das tristezas e que aprenderemos as lições da vida.
Agora comece a construir sua casa da felicidade e quando terminá-la pense que cada tijolo, cada peça da sua casa foi uma vitória conquistada e se conforte na total felicidade.

Obrigado,

Deixe seu comentário sobre o post!

Diego Elias

Referencias:
Livro, O bem que você planta você colhe.Autor:J.P Vaswani
Imagem,http://roberpinheiro.blogspot.com/2010/04/quatro-maos-o-sopro-do-vento-norte.html

O Evangelho Proibido de Judas "Evangelium Judas Iscariot"




O evangelho de Judas Escariotes, foi descoberto por um fazendeiro egípcio que procurava por artefatos e quando entrou em uma caverna encontrou um esqueleto com uma caixa de pedra sobre sua cabeça, e la contia um códice e sem se dar conta vendeu para um comerciante egípcio no mercado.
Uma colecionadora de antiguidades comprou o códice e levou para a Universidade dos E.U.A, e comprovaram que era  o Evangelho de Judas.
Uma restauradora de documentos, Fleohas, abre pela primeira vez o evangelho de Judas, o documento estavam muito mal conservado  e escrito com a língua egípcia, Cóptico da qual foi escrito o documento. Eles desvendaram a história que a igreja católica condenava todos aqueles que se opunham  por heresia, e logo no começo do artefato a seguinte frase se destacava:"Evangelium Yudas" O Evangelho de Judas
Mas quem foi Judas? Na bíblia está escrito que Judas fora o homem da qual traiu Jesus, sem ele a crucificação poderia nunca ter acontecido, o que se sabe de Judas é muito pouco, inclusive na própria bíblia se fala muito pouco sobre  Judas,ele era um dos doze apóstolos de Jesus, e ele pode ter vindo da Judéia e não da Galiléia.
Alguns peritos na bíblia contam que Judas pode ter sido o homem do qual Jesus mais confiava, isso torna sua traição ainda mais desprezível.
"Judas entregou seu amigo, ele traiu a confiança de Jesus e de seus amigos apóstolos, e desde então tem sido amaldiçoado por todos como, traidor, talvez se ele não tivesse traído Jesus a crucificação não tivesse acontecido".
A reputação de Judas é contada com apenas 18 passagens nos evangelhos, o que dizem é que Judas não aparece muito no novo testamento, fato pode ter ocorrido por ele ser uma vergonha, um traidor. O que se tem sobre Judas é tudo muito sinistro, o que se entende sobre ele é que ele foi e continua sendo o vilão da história, existem até aqueles que dizem que ele foi influenciado pelo mal, ou seja Satã.
Mas e se existisse uma outra história, uma que mostrasse que na verdade Judas foi um herói, uma história que virasse sua imagem do avesso?Existe só um problema, a história nos mostra que houve!
Por volta do ano 180 d.C, o bispo Iríneu, um dos primeiros e mais influentes membros da Igreja católica, escreveu um severo ataca sobre um livro em circulação na época, seu título: O Evangelho de Judas.Este livro mostrava o relacionamento entre Judas e Jesus, e relatava que Judas não tinha traído Jesus, mas feito o que Jesus queria que ele fizesse, pois Judas era o único  que conhecia toda e total verdade, Jesus queria que esta verdade fosse comunicada. Mas esta versão do evangelho foi totalmente condenada por Iríneu e por outros membros da igreja por heresia, apagando da história, e o livro nunca mais foi visto. Será?...Doutores e especialistas em bíblia, história antiga, papiros e paleografia, estudo da escrita antiga, cóptico  e especialistas em radio carbono( especifico em datação antiga) escreveram a tradução final dos papiros já danificados pelo tempo.
Os especialista acreditam que o evangelho no início foi escrito em grego e mais tarde traduzido para o cóptico, língua antiga usada pelos faraós no Egito antigo.
 Recentemente os arqueólogos descobriram alguns manuscritos antigos chamados de manuscritos de Nag Hammadi, da qual tem muita semelhança com o Evangelho de Judas, as semelhanças são algumas palavras adotadas na época e uma visão mundial semelhante sobre o mundo.
Os cientistas acreditam que os mesmos movimentos que escreveram o Evangelho de Judas também escreveram os manuscritos Nag Hammadi, um parece completar o outro e todos datam do terceiro e quarto século, mesmo período em que o Evangelho de Judas foi copiado. Para os especialistas a palavra "Tempo" e "Localização", confirmam que o Evangelho é um autentico texto antigo.

Contam que os Códices de Judas foi roubado do Egito levado para os E.U.A.
Jerusalem, século I depois da morte de  cristo, nesta época existiam muitos conflitos e divergências religiosas, comandados por Roma, ali nascia o cristianismo. 
O começo do cristianismo não era como a maior parte das pessoas acha, não existia bíblia e os conhecimentos religiosos eram praticados informalmente de cristão para cristão, com divergentes idéias. Proximo dos anos  30 e 60 depois de cristo é que começaram a escrever os evangelhos, especialistas afrmam que não existiam apenas 4  evangelhos, mas mais de 30.Evangelho significa boas notícias, então, quem é Jesus e qual a boa noticia sobre ele?Muitas pessoas viram esta pergunta de maneiras diferentes.
Nos primeiros séculos depois de cristo circularam diversas versões do evangelho,uma delas o evangelho de Judas.
Alguns dos primeiros cristãos são conhecidos atualmente como Gnósticos o que significa: povo que sabe.
Os gnósticos eram místicos, pessoas que sentiam que poderiam ter acesso direto a Deus,a palavra Gnostico vem do grego gnosis, que significa: conhecimento, mas este   conhecimento não é o conhecimento do dia-a-dia, mas sim o conhecimento que esta dentro da pessoa, conhecimento que já se tem e não precisa adquiri-lo. É a habilidade de se conhecer a si mesmo, é saber que se tem um pedacinho do divino dentro de si, é reconhecer que o mesmo divino que esta dentro de você esta de fora de você o que construiu tudo a sua volta e rege tudo o que se vê, muitos dos gnósticos eram cristãos.
Os cristãos foram os que escreveram a maioria dos textos do Nag hammad, suas histórias sobre cristo, são muito mais abstratas e filosóficas sobre o cristo do que o novo testamento.
Na ultima ceia segundo Marcos, Judas não é posto como traidor mas segundo Mateus sua culpa não é negada a momento algum. O evangelho de Mateus foi escrito cerca de 10 ou 12 anos depois do de Marcos, neste evangelho Marcos parece por uma certa culpa do que aconteceu com Jesus em cima de Judas.
A traição acontece no Horto das Oliveiras, fora dos muros de Jerusalém, Judas mostra quem é Jesus para os romanos com o beijo, que seria a identificação  de Jesus perante os outros 12 homens.

Segundo  Mateus, quando Judas soube  que Jesus tinha passado de  Caifás a Pilatos, Judas perdeu as esperanças , e quando pensou que Jesus certamente morreria  mãos de Pilatos cometeu suicídio.
O retrato mais negro de Judas esta no evangelho de João, o ultimo evangelho escrito, segundo ele na ultima ceia Judas e transformado em encarnação do mal. No evangelho de João, Judas é um personagem muito desenvolvido e muito mal, mas uma pergunta curiosa é: Porque razão ao decorrer dos evangelhos Judas vai ficando cada vez mais mal?Porque razão as pessoas contam esta história desta maneira?
Alguns especialistas acreditam que os Cristãos contaram a história dessa maneira, para se distanciarem dos Judeus, com a tentativa de ajudar sua fé a sobreviver.
No ano 66 d.C os Judeus entraram em guerra com os romanos afim de exclui-los de Jeruzalem, foi uma guerra de quatro anos que ficou conhecida como “A grande revolta Judaica”, Jeruzalem manteve cerco as romanos durante meses, mas quando os romanos decidiram a atacar queimaram centenas de Judeus e seus templos, o centro espiritual da vida Judaica.
Hoje tudo o que restou destes templos, foram ruinas onde hoje existe o muro das lamentações da qual os Judeus lamentam sua destruição.
Com isto o problema de Judeus, Cristão e Judeus que acreditavam que Jesus era o Messias, havia acabo dando início a separação de terras entre Cristão e Judeus.
Os cristão espalharam com seu movimento que Jesus foi inocente das acusações dos romanos e que os verdadeiros culpados eram os Judeus, promovendo os cristãos da qual roma sacrificavam todos os dias, diziam que os Judeus eram os culpados pelos desastres e os seguidores de Cristo eram inocentes de todas as acusações.
O fato é que Jesus foi morto pelos romanos em uma cruz romana, isto não há como negar, mesmo assim em toda a história foram os Judeus quem levaram a culpa.
Mesmo assim o retrato que a bíblia pinta de Judas como o mal, como o traidor ainda existe e deu inspiração para um anti-semitismo posterior.
Então todo as figuras malignas criadas pela sociedade, todo ato de maldade e traição era associado a Judas, tomado com traidor pela bíblia, e que pintam o povo judeu como Judas e traidores, mas isto não condiz no novo testamento nem nos ensinamentos que Jesus deixou.
O evangelho de Judas foi traduzido e revelou um seleção de cenas, que ao mesmo tempo que são semelhantes também eram estranhas.
Eis ai alguns relatos
“Este é o relato secreto que Jesus fez a Judas três dias antes de ter celebrado a páscoa: Quando Jesus veio a terra ele fez milagres e grandes maravilhas para a salvação da humanidad, enquanto uns andavam no caminho da escuridão, outros andavam em suas transgressões, doze discípulos foram chamados, muitas vezes não apareceu para seus discípulos como homem, mas sim como criança.”
No Evangelho de Judas, existem relatos de que Jesus hora aparecerá com criança e hora como homem, isto porque eles não conseguiam entender Jesus em um nível mais elevado,ou com uma certa exatidão.
O evangelho de Judas,usa cenas familiares para comunicar idéias não familiares.
Uma vez ele estava com seus discípulos na Judéia, ele os encontrou reunidos, quando ele se aproximou dos discípulos que faziam uma oração de agradecimento pelo pão, Jesus riu.
Os discípulos pensarampor que causa Jesus estava rindo, Jesus viu que os discípulos pensavam que estavam adorando o Deus verdadeiro, mas na verdade eles estavam errados,estavam adorando apenas o Deus criador deste mundo, mas o único que entendia isto era Judas.
Para os Gnósticos, não valia somente adorar o Deus que criou a terra, apenas um ser verdadeiro, um ser além da compreensão será sagrado.
Jesus riu da qual ele encara como uma falsa devoção, mas os apóstolos não entendem e ficam bravos com ele, mas os espíritos dos apóstolos não ousaram se levantar perante Jesus, exceto o de Judas Escariotes. Jesus lança o desafio aos discípulos, Jesus disse: deixem a pessoa perfeita dentro de vocês dar um passo a frente e me encarar, esta pessoa perfeita é a pessoa interior, é a pessoa individual que conhece verdadeiramente as coisas, a pessoa que conhece verdadeiramente o conhecimento de Deus e de si mesmo, os discípulos diziam que conseguiam, mas nenhum conseguiu,exceto, Judas.Então Judas deu um passo a frente e conseguiu ficar perante Jesus.
Se Jesus fosse como os judeus, teriam ensinado uma coisa para as multidões e outra para os discípulos. No evangelho de Marcos no novo testamento, esta escrito isto.
Jesus pediu para Judas cometer a traição, ele disse que era sua tarefa e ele deveria cumprir pois ele sabia toda a verdade e obtia a sabedoria mais profunda. Judas disse que não poderia cometer tamanha atrocidade, mas Jesus disse para confiar na palavra e que ele ressuscitaria ao terceiro dia.Então Jesus mostrou um sinal dos céus da qual Judas ficou surpreso com o que tinha visto, algo inigualável, onde nunca se houve relato de tal visão. Judas não entendeu tal visão ate que Jesus o explicou e mostrou o porque que Judas deveria tomar ação tal repugnante, era sua missão e não deveria falhar. Foi quando Judas tomou coragem e foi para a prática da missão, chamou os romanos e entregou Jesus perante todos os outros discípulos. Na verdade Judas não faz um ato mal, ele faz um sacrifício, ele se sacrificou em prol de uma coisa boa, obedeceu as ordens de Deus.

Ao contrario dos outros evangelhos, o evangelho de Judas não contem cenas da crucificação, ele termina brutalmente com a traição de Judas, omitindo a crucificação o evangelho de Judas gera uma tensão entre os ortodoxicos emergentes e os gnósticos.
Nos primeiros evangelhos são a morte e a ressureição de Jesus o que importa para a salvação,.ele morre e depois Deus ressussita seu corpo dentre os morto, esta ressureição é muito importante, tanto que nos evangelhos de Mateus, Lucas e João aparece para os seus seguidores para mostrar que  esta vivo, que seu corpo ainda esta vivo, isto é completamente diferente do que acontece no evangelho de Judas, onde não há nenhum relato da morte de cristo, porque sua morte não é o que realmente importa, não há nenhum relato da ressureição de cristo.
O que importa é que o corpo vai morrer e o espirito vai continuar.
Para os gnósticos Jesus tinha que morrer, para se libertar da prisão de seu corpo, mas nos olhos da igreja ortodoxica cristã, esta interpretação selou seu destino como hereges.
Se pensarmos, o evangelho de Judas, não nos conta quem foi o homem Judas e nem o homem Jesus, com fatos decisivos, mas nem os evangelhos nos contam realmete quem foi estes homens com clareza, mas sim as vezes o que eles pensavam e fizeram.
Agora sabemos que o evangelho de Judas veio da antiguidade e que sua cópia foi feita entre os séculos 3 e 4, mas o seu manuscrito original veio do século 2 ou 3 como os outros? Não há como sabermos isto, é impossível, quase todos os especialistas acreditam que os quatro evangelhos foram escritos nos anos 60 a 100 depois de cristo, por conta de Iríneu sabemos que o evangelho de Judas existiu nos anos 180 e 100 depois de cristo, mas não temos meios de saber quando o original foi escrito. Para compararmos o evangelho de Judas com os dos outros discípulos vai depender não do que foi encontrado ou do que esta escrito , mas sim do que acreditamos.
Para julgar, verdadeiro  ou não  depende de cada um e de sua fé, é uma questão religiosa e fica da vontade de cada um com o que se acredita e legitima como verdade.
Você decide inclui-lo ou não juntamente com os outros evangelhos.
O que se pode concluir que os ensinamentos do evangelho de Judas e de Nag Hammadi eram ensinamentos de nível avançado , não para qualquer um mas para poucos, e os outros evangelhos se destinaram para a grande massa, para ser apenas lido e entendido sem grandes notações, portando eles não tem as mesmas funções dos evangelhos de  Mateus, Marcos  e Lucas.
Estudo avançado ou heresia o evangelho de Judas nos força a reconhecer que no início não havia só um cristianismo , mas vários, graças  aos manuscritos de Nag Hammadi  e o evangelho de Judas os estudiosos aprenderam sobre outros tipos de cristianismo, que foram esmagados e marginalizados e que mais tarde desapareceram.
Com isto concluímos que sempre as pessoas buscaram e enxergaram Deus de maneiras diferentes, a cada vez que ele faz parte de nossa história ele nos desafia a fazer a seguinte pergunta: Porque  acreditamos e no que acreditamos?
Os primeiros padres lutaram contra a existências dos gnósticos, pois eles pregavam que o corpo era um espécie de prisão para o espirito divino, para eles a morte era uma coisa boa e acreditavam que judas foi um herói por libertar Jesus de sua prisão.
Contudo idéias como esta eram fortes demais para os primeiros lideres da igreja, indo   contra tudo  o que se acreditava na época. E eles simplesmente excluíram mais de trinta evangelhos inclusive o de Judas, tirando-os fora do novo testamento. Mas como os lideres decidiram o que manter e o que desprezar? De alguma maneira o Evangelho de Judas acabou sendo descartado, mas por qual motivo fariam isto?
Lyon, ano 180 d.C, um influente bispo chamado Irineu esta prestes a ajudar purificar a mensagem crista , regenteitando grande parte dos evangelhos. Na época o cristianismo era ilegal e os cristão estavam pagando com a vida. Os romanos sacrificavam os cristãos por se recusaram a sacrificar  animais para os deuses romanos. Os romanos espancavam, torturavam os cristãos em praças públicas a fim de entreter a população, certa vez os romanos sacrificaram 100 cristãos provocando certa dúvida em Iríneu, fazendo pensar o que era fé e se valia morrer por ela sem mesmo saber o que se tratava de fé. Ele pensou  o que são os evangelhos? O que é a fé sagrada da qual se morre?
Para definir a fé sagrada Iríneu escolhe 4 evangelhos no meio de mais de trinta.
Os cientistas acreditam que não foi por acaso que Irineu escolheu os quatro evangelhos excluindo o de Judas, pois no evangelho de Judas ele é retratado como o mocinho, como o que conheceu a verdade de Jesus, o único da qual compreendeu  o que Jesus pretendia fazer, não era visto como o errado, mas sim como o que salva Jesus.
O evangelho foi levando para o departamento de Física, na Universidade do Arizona, onde foi submetido a teste de carbono 14, para se determinar se realmente o livro era verdadeiro e qual seria sua idade. Foi comprovado que o livro tinha sido escrito entre os séculos 3 e 4  d. C, entre os anos 280 d.c com margem de 50 anos antes ou depois. Concluindo que realmente o livro é verdadeiro.
Uma passagem do Evangelho mostra que Judas e Jesus tinham um relacionamento singular, onde  Judas sabia os segredos mais confidencias de Jesus, inclusive sobre o paraíso.
O evangelho  de Marcos para os estudiosos, foi escrito por  volta do ano 60, e é considerado o primeiro evangelho, cerca de 1/3 deste evangelho, trás referencias a Judas, assim como no Evangelho de João, a    atitude de Judas quase sempre é notada, mas no evangelho de Marcos, Judas não é nenhum vilão. Segundo o relato de Marcos o foco não era Judas, Jesus disse que o seu fim estava próximo e que um dos apóstolos sentados na mesa o trairia, logo Jesus teve uma conversa muito intima com  Judas da qual nenhum outro apóstolo pode  entender do que se tratava.Este fato de Jesus ter uma conversa muito intima com Judas foi muito doloroso para eles.
Seria de fato que Judas teria uma imagem  totalmente diferente no seu evangelho, o que existe no novo testamento realmente tem muita diferença no que esta escrito no  evangelho de Judas?
Mas nem sempre Judas é tratado como vilão, ele vai ficando mais malévolo a medida que vamos passando  de evangelho para evangelho, que vai de marcos até o ultimo o de João.
Judas, o mocinho ou o traidor? E ai? O que acham? Será mesmo verdadeiro esta história, por qual motivo o Evangelho de Judas ficou tão escondido por todos estes séculos? Pense, reflita....

Gostaria de  dizer independente de ser verdade ou não, esta história, é demais, super legal nos leva a pensar sobre nossa história e historia das religiões. O evangelho de Judas pode ser ou não verdadeiro, pode ser que Judas foi um bom rapaz, pode até ser que ele foi um traidor, mas a imaginação e a reflexão tirada desta história é demais.
Deixem seu comentário sobbre esta postagem, é muito importante para nós.
Espero que tenham gostado e se quiserem saber mais sobre esta história baixem este documentário realizado pelo NatGeo e se entorpeçam de tanta história.


Deixe seu comentário!

O evangelho de Judas: Dowloand




Obrigado Diego Elias

"O socialismo é uma doutrina triunfante"


VEJA A ENTREVISTA COM O ESCRITOR ANTONIO CANDIDO.


http://www.brasildefato.com.br/node/6819#comment-3139


Aos 93 anos, Antonio Candido explica a sua concepção de socialismo, fala sobre literatura e revela não se interessar por novas obras

12/07/2011

Joana Tavares
da Redação

Crítico literário, professor, sociólogo, militante. Um adjetivo sozinho não consegue definir a importância de Antonio Candido para o Brasil. Considerado um dos principais intelectuais do país, ele mantém a postura socialista, a cordialidade, a elegância, o senso de humor, o otimismo. Antes de começar nossa entrevista, ele diz que viveu praticamente todo o conturbado século 20. E participou ativamente dele, escrevendo, debatendo, indo a manifestações, ajudando a dar lucidez, clareza e humanidade a toda uma geração de alunos, militantes sociais, leitores e escritores.
Tão bom de prosa como de escrita, ele fala sobre seu método de análise literária, dos livros de que gosta, da sua infância, do começo da sua militância, da televisão, do MST, da sua crença profunda no socialismo como uma doutrina triunfante. “O que se pensa que é a face humana do capitalismo é o que o socialismo arrancou dele”, afirma.