PORTIFÓLIO DO DIEGO

NESTE BLOG, VOCÊ ENCONTRARÁ UM CONTEÚDO ACADÊMICO, INFORMATIVO E REFLEXIVO.NÃO SE ESQUEÇA DE COMENTAR.

Translate This Page

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Desabafo!




As vezes eu penso o quanto a estupidez humana, ultrapassa seus próprios limites, o quanto a ignorância destrói vidas, a maior desgraça do mundo é a ignorância, me desculpe esta raiva mas o demônio, satanás e o diabo a quatro que quiserem chamar se chama IGNORÂNCIA.
Não se sinta surpreso, tenho razão no que digo e vão saber agora.
Eu Diego estava na casa de minha namorada, hoje dia 26/07/2011 por volta das 23 horas, assistindo TV, quando eu ouvi o barulho:

"Paaaaa, paaaa, paaaaaaaa"

Imginei e comentei com minha namorada: Nossa ta parecendo tiro, vixi, acho que alguém se deu mal, comecei a rir, lógico que imaginando que fosse uma moto, aliás quero dizer a minha opinião sobre estes tolos, imbecis que colocam estes escapamentos barulhentos nestas motos idiotas e saim por ai fazendo zona, desrespeitando o descanso de um pai de família que tem como obrigação levantar cedo todos os dias para colocar café na mesa, enquanto estes ignorantes saiem por ai atirando com o escapamento destas motos.
Pessoal me desculpe, mas estou indignado, triste e sobre tudo assustado.

Foi tiro sim, cerca de 60 metros da casa da minha namorada tem um lanchinho, lugar de família de pessoas de bem frequentar, morava perto deste lugar e nunca havia acontecido isto antes. Que caos, o SAMU apareceu a policia apareceu, pessoas gritando, chorando, revolta, tristeza, dor e tudo o que tem direito.

Enquanto pessoas querem o bem da humanidade, enquanto pessoas lutam para si melhorar, enquanto agente criar um simples blog como este tentando orientar as pessoas para o caminho do bem, me aparece um "desgraçado" e me dá 3 tiros em uma pessoa. Imaginem, estou sobremaneira revoltado.

Como pode uma pessoa tentar contra a vida de outra pessoa, porque isto acontece, porque tanta raiva, porque tudo isso, para que?Não, to com vontade de chorar, não sei quem é a pessoa, não sei por qual motivo, mas isso me fere, chateia.

Para aqueles que acreditam, bem para aqueles que não acreditam, esse mundo ta precisando de DEUS no coração, ta precisando de conhecimento de paz, então preste bem atenção antes de colocar um filho no mundo sem ter condição para dar uma vida estável para ele, garanta-o uma boa educação principalmente, leve seu filho ao museu, ao teatro, não deixe que ele se torne alienado pela TV, oriente-o a assistir apenas programação construtiva que o eduque e forme uma opinião valiosa, desculpe os aristas de novelas, mas acho uma porcaria essas novelas, isso não agrega nada, pelo contrário, apenas forma opinião errada e ignorante.


Olha odeio presenciar isto que aconteceu hoje, me deixa mal. Maldita sejam as armas de fogo, maldita sejam as drogas, para ser sincero gostaria que isso não existisse. Tenho medo de ter meus filhos, tenho receio de frequentar um restaurante, andar na rua depois das 24horas é arriscar a vida.
 
Meu DEUS que mundo é esse, que vida é essa?Cada dia que passa me torno mais convencido de que viver é um desafio e que viver em sociedade é mais difícil ainda.

Por isso quero ressaltar aqui para aqueles que se acham os donos da sabedoria, ou os entendedores universais. Desde a mesopotâmia o homem se mata, rouba, destrói, machuca, magoa, comete atrocidades e desgraças, o mundo a sua volta, olhe para ele, olhe para sua frente.... viu? Esta de frente a uma tela que pode ser vista por todo o mundo, o homem evoluiu sua vida física, mas continua o mesmo podre de sempre, hoje sinto vergonha de ser uma ser da raça humana.

Mas fico feliz em saber que existiram homens como Jesus, Gandhi, Buddha e outros mais, que so fizeram  bem para humanidade, isto me motiva a continuar, mas é doloroso saber o quanto precisamos evoluir enquanto seres, enquanto consciência.

Obrigado Deus, por ser quem eu sou, obrigado por me dar os pais que eu tenho, obrigado por me dar forças para continuar.

Obrigado por conseguir fazer este desabafo.


Diego Elias

Nenhum comentário:

Postar um comentário