PORTIFÓLIO DO DIEGO

NESTE BLOG, VOCÊ ENCONTRARÁ UM CONTEÚDO ACADÊMICO, INFORMATIVO E REFLEXIVO.NÃO SE ESQUEÇA DE COMENTAR.

Translate This Page

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

O iluminismo



       Existem autores que relatam a origem do iluminismo no século XVII, porém também existem autores que relatam que o surgimento do iluminismo foi no século XVIII. Mas boa parte dos acadêmicos utilizam que o iluminismo surgiu na França do século XVII e defendia o domínio da razão sobre a visão teocêntrica que dominava a Europa desde a Idade Média.De acordo com os filósofos iluministas, esta forma de pensamento tinha o propósito de iluminar as trevas em que se encontrava a sociedade. Pensadores que defendiam estes ideais acreditavam que o pensamento racional deveria ser considerado o substituto das crenças religiosas e o misticismo que segundo seus ideais bloqueavam a evolução do homem. O homem deveria ser o centro e passar a buscar respostas para perguntas sem respostas, que eles encontravam respostas no lado religioso.O topo deste movimento foi atingido no século XVIII, e, passando a ser conhecido como o Século das Luzes. O Iluminismo foi mais intenso na França, onde influenciou a Revolução Francesa através de seu lema: Liberdade, igualdade e fraternidade.
Segundo os filósofos iluministas, o homem era naturalmente bom, mas era corrompido pela sociedade durante sua vida. Eles acreditavam que se todos fizessem parte de uma sociedade justa, com direitos iguais a todos, a felicidade comum seria alcançada. Por esta razão, eles eram contra as imposições de caráter religioso, contra as práticas mercantilistas, contrários ao absolutismo do rei, além dos privilégios dados a nobreza e ao clero.
      A classe burguesa eram os principais interessados nesta filosofia, pois, apesar do dinheiro que possuíam, eles não tinham dominações em questões políticas devido a sua forma de participação limitada.Naquele período, o Antigo Regime ainda predominava na França e nesta forma de governo, o rei detinha todos os poderes. Outra forma de impedimento aos burgueses eram as práticas mercantilistas onde o governo interferia nas questões econômicas, mas no antigo Regime, a sociedade era dividida da seguinte forma: primeiramente aparecia o clero, em segundo a nobreza, em terceiro a burguesia e os trabalhadores da cidade e do campo. Com o fim deste poder, os burgueses tiveram liberdade comercial para ampliar significativamente seus negócios,uma vez que com o fim do absolutismo foram tirados não só os privilégios de poucos, neste caso o clero e a nobreza, e também práticas mercantilistas que impediam o crescimento comercial para a classe burguesa.             

Reflexão 

   Após o resumo deste tema, eu aprendi um pouco mais sobre o iluminismo, pude conhecê-lo e aprender um pouco mais sobre tal assunto que todas as pessoas deveriam procurar entender pois engloba um grande e rico conhecimento no ser humano.
   Entender como se propagou, como se originou e o porquê do nome iluminismo é extremamente interessante, na minha vida principalemente os conceitos históricos culturais.



Immanuel Kant

Nenhum comentário:

Postar um comentário