PORTIFÓLIO DO DIEGO

NESTE BLOG, VOCÊ ENCONTRARÁ UM CONTEÚDO ACADÊMICO, INFORMATIVO E REFLEXIVO.NÃO SE ESQUEÇA DE COMENTAR.

Translate This Page

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Correr Riscos

Duas sementes estavam lado a lado no solo fértil da primavera.
A primeira semente disse: "Quero crescer! Quero enviar minhas raízes bem fundo no solo e impulsionar os brotos terra acima. Quero abrir meus tenros botões como bandeiras para anunciar a chegada da primavera. Quero sentir o calor do sol no rosto e a benção do orvalho da manhã nas minhas pétalas."
E assim ela cresceu.
A segunda semente disse: "Tenho medo. Se enviar minhas raízes solo abaixo, não sei o que vão encontrar no escuro. Se impulsionar os brotos através do solo duro, posso machucá-los, são tão delicados... E se deixar  meus botões abrirem e uma cobra tentar comê-los? E, se deixar os botões florescerem, uma criancinha pode me arrancar do chão. Não, é muito melhor esperar até que seja seguro."
E assim ela esperou.
Uma galinha atrás de comida, ciscando o quintal no início da primavera, encontrou a semente que procurava e imediatamente a comeu.

Moral da história

Aqueles que se recusam a correr riscos e crescer são engolidos pela vida.


Patty Hansen


Reflexão:


Na vida as vezes é necessário arriscar, é preciso deixar que as idéias nos dê coragem para fazer aquilo o que acreditamos.
Quando algo parece não nos deixar felizes é preciso fazer um planejamento e deste planejamento precisamos focar em um ponto fixo e então segui-lo sem medo de errar, a confiança em si mesmo é o primeiro passo.
O medo é bom, mas tudo em excesso faz mal, saber ponderar o medo é saber acertar o lugar do sucesso, portando sempre devemos arriscar na vida, mesmo que para isso o caminho da felicidade possa ser mudado totalmente recomeçando do nada.
Arriscar é conhecer novas experiências, é poder conhecer um pouco mais sobre si mesmo e sobre a vida, portanto por mais que não de certo, tenha certeza de que você sempre terá algo de bom de sua escolha.


Obrigado,

Diego Elias

Referencia:

Livro;Histórias para aquecer o coração/ed:Sextante./Jack Canfield e Mark Victor Hansen

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O poder das palavras


Um orador fala do poder do pensamento positivo e das
palavras.
Um participante levanta a mão e diz:
"Não é porque eu vou dizer felicidade, felicidade,
felicidade! que me irei sentir melhor e não é porque eu vou
dizer desgraça, desgraça, desgraça! que me irei sentir menos
bem: não são mais que palavras. As palavras são isso mesmo,
sem poder..."
O orador responde:
"Cale-se, seu idiota, é incapaz de compreender o que quer
que seja!"
O participante está paralisado, ele muda de cor e prepara-se
para replicar agressivamente: "Você, espécie de..."
O orador levanta a mão: "Peço que me desculpe. Eu não quero
magoar. Peço que aceite as minhas sinceras desculpas."
O participante acalma-se.
Os outros participantes murmuram e há agitação na sala.
O orador intervém:
"Têm a resposta à questão que puseram: algumas palavras
desencadeiam dentro de vós raiva e cólera. Outras
acalmam-vos. Compreendem melhor o poder das palavras?" Referencia:
Fátima
webmaster@clube-positivo.com
(c)2003-2011 http://www.clube-positivo.com versão portuguesa
Imagens:
http://mosaicoprosaico.wordpress.com/2011/02/03/o-poder-das-palavras/
http://luabackdoorgirl.blogspot.com/2011/05/cuidado-sua-palavra-tem-poder.html

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Aprendiz da Vida


Este vídeo é muito legal e aposto que várias pessoas vão se identificar com ele, como ele era um arquivo PPT e converti para Vídeo peço a todos que vá pausando para uma melhor leitura.

video

Coral de Mudos


Este é um vídeo é muito emocionante, ele nos mostra o quanto somos capazes de realizar coisas que até então parecem impossíveis.

video

domingo, 16 de outubro de 2011

Aprenda a Cultivar as Sementes Que Estão Dentro de Você



Um homem muito rico dizia que com seu dinheiro podia compra tudo, até mesmo a felicidade. Um dia, andando pela rua, deparou-se com um estabelecimento que se chamava Loja de Deus. Na porta estava escrito “Vendemos amor, esperança, paz....”
O homem entrou na loja e viu jarras de amor, pacotes de esperança, vidros de fé, caixas de perdão, enfim todo tido de graça e de sabedoria. Foi logo pedindo de tudo.
-Quero muito amor, perdão em abundância, muita fé e felicidade para mim e para minha família.
Então o anjo que antendia no balcão foi selecionado, separando e condicionando tudo num pequenino embrulho que coube na palma da mão do comprador. Decepcionado, este disse para o anjo:
- Eu pedi tudo em grande quantidade, pois tenho muito dinheiro.
O anjo, sorrindo, respondeu:
- Tudo o que o senhor pediu está aí e é de graça.
- É possível que minhas encomendas estejam todas aqui? – perguntou, admirado, o homem.
- Sim, estão. Na Loja de Deus não vendemos frutos, apenas damos as sementes – respondeu com paciência o anjo.

A felicidade, a paz, o amor, estão dentro de cada um de nós em forma de sementes. Cabe a cada um de nós cultivá-las.


Reflexão:

Esta estorinha contada por Maria Salette e Wilma Ruggeri é muito legal, nós faz primeiramente lembrar o quanto somos ricos.
Isto mesmo Ricos, não estou louco, imagine você uma pessoa que vive em um mundo como este e que pode fazer o que quiser.
Podemos ir e vir, podemos aprender o até então desconhecido, podemos criar até então o inimaginável, somos donos de um grande saber, porém existem coisas que as vezes não podemos fazer.
Me lembro de uma história, os Alquimistas, estas pessoas eram pessoas que tentaram criar a pedra filosofal ou descobrir o segredo de tudo, mas com isto conseguiram grandes feitos como a revolução do conhecimento químico, mexendo em suas poções até então conhecidas como magia pela igreja nos trouxe a Química que nos dias atuais é essencial para a vida humana.
Com esta história nos comparo com a ideia alquímica, podemos buscar o segredo de tudo, podemos buscar o entendimento de tudo, talvez nunca encontremos, mas se conseguirmos descobrir outros segredos mesmo não sendo o que procuramos já teremos uma evolução. Não se preocupe se não encontrar a pedra filosofal, se encontrar a formula da paciência já fez um grande feito.
No textinho podemos observar que o homem imaginou que receberia tudo de bom na sua vida, mas recebeu apenas sementes.
Concluo com isto que: Não se pode existir conquista sem trabalho(lembrando que trabalho não é a mesma coisa de emprego) as nossas ações é que constroem nossa vida, se não formos trabalhar no nosso emprego ou se não acordamos e fazer o nosso café não poderemos alimentar ao menos que alguém o faça para você, quero dizer que é a ação é que cria a reação, a ação de plantar uma semente de manga nos traz a reação de após alguns anos nos, ou nossos filhos ou nossos netos saborearem as frutas de nosso pé de manga. Portanto precisamos plantar estas sementes de Felicidade, Amor, Alegria, Saúde, Paz .....
As vezes fico imaginando o quanto nosso mundo humanístico precisa de evolução, temos a melhor tecnologia de comunicação, temos a melhor tecnologia de alimentos, temos a melhor tecnologia de deslocamento etc....se compararmos a anos, séculos, milênios atrás somos evoluidíssimos, nos adaptamos excelentemente bem, melhoramos nossa vida inimaginavelmente bem, mas somos os mesmo enquanto seres.
Sabemos que aproximadamente a raça humana passou a existir a cerca de 10.000 anos atrás.
Quero pegar do Egito para cá, no Egito existia escravidão, pessoas matando por prazer, exploração de mão de obra, estrupo, ganância por poder, roubos, intolerância etc...
Roma, temos Escravidão, exploração da mão de obra, roubos, ganância por poder, intolerância, estrupo etc...
Astecas, Maias e Incas, Exploração da mão de obra, roubos, assassinatos para diversão, estrupo, intolerância etc.....
Atualmente, exploração da mão de obra, assassinatos, estrupo, intolerância, sede por poder, desonestidade, desumanidade, etc...
Quero ressaltar que ai existe uma grande evolução. Antigamente pessoas não podiam se deslocar para o outro lado do mundo em 24 horas hoje já pode. Legal ne? Agora o resto está igual.
O homem evoluiu sua natureza Física, evoluiu sua condição de vida porém o seu SER HUMANO esta igual.
Quero dizer é que para que estamos aqui? Será que é apenas para isso? Evoluir o nosso espaço físico?
Somos os mesmo seres insignificantes de sempre, somos os mesmos fracos de sempre, se um pedaço de ferro entrar em nos acaba tudo ali mesmo. Daí toda porcaria que existe para nossa condição de vida vai continuar ali e o que fizemos será lembrado e o que não fizemos será esquecido.
A atenção que quero chamar é que precisamos evoluir como seres humanos, entender para que existimos para que estamos aqui, cuidado ao pensar que tudo acaba depois daqui a verdade é oculta, não se apegue nisto.
Para que tanta ganância por obter coisas, é preciso não podemos negar, mas precisamos ter e aprender a ser. Precisamos olhar para o lado e pensar que ali existe um ser desprezível como nos mesmos que busca o que você também busca.
Não seja hipócrita em dizer que tem Fé em Deus, ou queacredita em Deus, por isto não muda nada, não seja imbecil de pensar que isto te faz um ser melhor, ou melhor não pense que indo em igreja ou que ser um líder religioso muda alguma coisa.
Posso muito bem dizer que amo Deus e que sou feliz, ou que tudo que quero eu tenho. Palavras posso escrever e dizer infinitamente enquanto vida eu tiver, mas será que por dentro, será que sua consciência real admite isso?
Uma coisa muito legal é sentir felicidade por alguém que acabou de conquistar um filho, ou uma mãe que soube que seu filho se curou de uma doença, não existe sentimento mais puro e feliz do que o amor de uma mãe por um filho.
Isto é o amor, não pense que “ama” seu namorado, isto é paixão não confunda.
Uma coisa que precisamos entender são sentimentos, para que serve cada um e seu real significado. Posso dizer um palavrão de todos os tipos, mas será que depositei toda raiva nele? Posso dizer que te amo com o sentimento de que quero que você morra. I daí quero que você morra mas digo te amo.
Está vendo. Não somos nada neste mundo, quando pensamos em nos mesmos, como seres não somos nada. Somosuma pedra de areia em meio um deserto, insignificantes e invisíveis.
Uma frase de um grande homem me vem a cabeça nesta hora: “Só sei que nada sei” [Sócrates]
Só tenho duas certezas deste mundo: A primeira é que um dia vou parar de respirar e a segunda que o conhecimento que acho que tenho é umcisco em meio um universo, ou seja nada. Acredito que felicidade e satisfazer a alegria em nossas atitudes.
Os erros e dificuldades são como um tempo e um espaço sendo modificado, quero dizer é uma ação praticada para nos esclarecer e obter uma informação que no futuro será como uma resposta para uma possível pergunta. Portanto o que se conhece por problemas na verdade é uma oportunidade e um pedaço de evolução de nosso ser.
Isto tudo é balela e não vai adiantar nada pois não posso mudar o mundo sozinho.
Erro Fatal: Se eu mudar a mim mesmo automaticamente eu mudarei o mundo, pois eu faço parte do mundo e se eu mudo a mim mesmo e eu faço parte do mundo eu acabei de mudar o mundo em que vivo. Lembre-se disto.
Portanto não se esqueça, escolha bem suas sementes pois não se pode plantar uva para colher laranja.
Procure as melhores sementes dentro de você e plante-as e terá uma vida regada de fartura.
Obrigado,

Diego Elias

Gostou? Então deixe seu comentário.


Referência: Livro: Para que minha vida se transforme;Autor: Maria Salette e Wilma Rugggeri/22ª ed.

Vagas de deficientes físicos e idosos:Um problema atual


Um grande problema que vivenciamos atualmente em nossa sociedade é a falta de consideração e principalmente respeito por idosos e pessoas com necessidades especiais.
Sempre que ando pela cidade, não apenas a cidade em que resido, mas as cidades das quais passei,pude observar a falta de respeito e consideração com as pessoas que tem necessidade  especiais e idosos.
Nos estacionamentos principalmente de shopping existe isto, é lamentável, mas infelizmente existe, não quero me passar de santo aqui, confesso que uma certa vez devido a pressa e correria entrei em uma vaga de um deficiente físico e logo imaginando que não teria problema pois não existiam pessoas que precisassem tanto desta vaga, daí por um segundo minha consciência me alertou e pensei: Será mesmo que não tem? Decidi sair e procurei uma vaga, claro perdi tempo e exercitei minha paciência e tolerância masachei uma vaga claro um pouco mais distante, e assim que estacionei meu carro pude observar um carro entrando na vaga de deficiente, claro fui logo e pensando: Ótimo, sai para outro entrar, mas muito curioso decidi passar perto do carro que entrou na vaga para ver se realmente era deficiente ou idoso.
Passando para olhar tive uma surpresa. Desceu uma moça do lado do passageiroe tirou uma cadeira de rodas para o condutor que era um idoso e deficiente físico, fiquei absolutamente envergonhado comigo mesmo por achar que não existia pessoas que enquadrasse desta categoria, fiquei feliz ao mesmo tempo por fazer minha parte.
É uma história pequena mas que para mim foi bem útil é ainda continua sendo, as vezes nossa pressa ou nossa necessidade acaba prejudicando alguém que precisa mais do que nós. Imagina se o idoso tem problema de locomoção e não pode parar o carro longe, ou se o deficiente físico não consegue subir uma rampa sozinho e tem que parar perto do elevador, ou se o existe um carro na frente da rampa de cadeirante e não pode subir a calçada, como ele faz? São coisas que para pessoas sem estes pequenos detalhes em sua vida não pensam, mas que deveriam pensar, não é porque eunão tenho problema de visão que eu não posso ajudar uma pessoa com deficiência visual a atravessar a rua, e se fosse você? Ou para que vaga para idoso? E se estivesse jádoente e já cansado pela vida, gostaria de pegar uma fila de 200 pessoas ou andar 300 metros porque alguém com pressa colocou o carro na vaga de idoso, ou até mesmo se você fosse cadeirante gostaria de esperar alguém o ajudar a subir a calçada porque alguém que foi pagar a conta rapidinho e já volta colocou o carro na frente da rampa de cadeirante.
São coisas que precisa de conscientização, não é você, mas e se fosse?
Faço este apelo por saber que existem pessoas que ainda insistem emse preocupar apenas com seu problema e esquecem que vivem em sociedade e que o respeito é bom e tem que ser utilizado ou mesmo aprendido por todos.
Seja consciente pense nesta causa, tenho certeza que eles ficaram agradecidos.
Lembre-se, e se fosse você no lugar deles você o que faria?

Obrigado,

Diego Elias

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Política Brasileira X Japonesa



ESTÃO LEMBRADOS ?
"Seis meses de esperanças levadas pelas águas da corrupção"

QUANTO AO TERREMOTO NO JAPÃO...

Acrescente-se que, o Japão devolveu à Cruz Vermelha Internacional cerca de R$ 168 milhões.
A devolução foi feita porque, o número de vítimas da tsunami, foi inferior ao previsto pelos japoneses.
QUALQUER SEMELHANÇA COM AS ATITUDES DOS POLÍTICOS BRASILEIROS, É MERA COINCIDÊNCIA.
DE UMA COISA ESTOU CERTO :
FALTA MUITO, MAS FALTA MUITO MESMO PARA QUE, NÓS, BRASILEIROS, ATINJAMOS
ESSE GRAU TÃO ELEVADO DE DESENVOLVIMENTO.
QUE PENA ...

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

O Menestrel - Verônica A. Shoffstall ou William Shakespeare


MEUS CAROS AMIGOS E LEITORES, VENHO-LHES DIZER QUE ESTA OBRA PRIMA NÃO FOI ESCRITA POR SHAKESPEARE MAS SIM POR VERÔNICA SHOFFSTALL, PORTANTO É UM CONHECIMENTO NECESSÁRIO POIS SE ESTA OBRA É DE VERÔNICA DEVEMOS OS CRÉDITOS A ELA. MAS INDEPENDENTE DE QUEM SEJA QUERO DEIXAR MEUS SIMPLÓRIOS DÍGITOS DE EMOÇÃO COM ESSA BELEZA DE TEXTO.
ESPERO QUE SEJA DESMISTIFICADO ESSA HISTÓRIA E QUE A PARTIR DE HOJE SAIBAMOS A VERDADE. BOA LEITURA E A VIDA É ASSIM; UM DIA VOCÊ APRENDE.....

TEXTO:

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas.
Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la…
E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…
Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.
Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…
Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…
Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.

Shakespeare

obs: Um Dia Você Aprende que..., Você Aprende ou Depois de um Certo Tempo são títulos para um mesmo hoax, um texto que circula pela internet com indevida atribuição de autoria .1 Trata-se de um texto de Veronica A. Shoffstall, que o escreveu aos 19 anos, no livro de formatura (yearbook) de sua escola, ao terminar o highschool (equivalente ao Ensino Médio, no Brasil).
A autora registrou o copyright da versão original em 1971.[carece de fontes] O título, originalmente, era Comes the Dawn, mas o texto ficou mais conhecido como After a While. Começou a circular como sendo de William Shakespeare ainda nos Estados Unidos, onde recebeu acréscimos, cortes e alterações.2 . Todas essas versões circulam no Brasil e no mundo todo, nas mais diversas línguas.
Na verdade, não há nem uma única frase do texto que possa ser encontrada nos trabalhos de Shakespeare.3 No entanto, a internet em inglês registra (em 15 de agosto de 2012) 46 milhões de referências para esse texto com a autoria indevidamente atribuída a ele, e apenas 22 mil referências para a verdadeira autora. Em português, há 8 mil para Shoffstall e 60 mil para Shakespeare.
REFLEXÃO:
Pessoal agora que chegaram até o fim deste texto tenho algumas palavras para deixar.
Este texto é simplesmente simples e de total eficacia, por tempos procurei entender e encontrar tais pensamentos e eis que hoje tenho-os aqui.
Parece um texto simples mas é um texto do qual Shakespeare levou vários anos para conseguir escreve-lo, pensemos nós o quanto é difícil admitirmos o perdão, melhor, pensemos então o quanto é difícil entender que só pelo fato de uma criança ser inferior e mais ignorante não nos da o direito de diminuí-la ou até mesmo de menosprezá-la tirando o direito de sonhar e de opinar.
Imaginem o quanto é difícil olharmos para nós mesmos e entender que os defeitos de nossos pais que as vezes odiamos esta contido em nós mesmos, melhor o quanto é difícil olharmos para nós mesmos e assumir que temos erros  ou o que erramos.
O quanto é difícil nos dias atuais compreendermos que nossa família e nossos amigos são mais importantes do que o carro, casa ou roupas que queremos e trabalhamos duro em prol de conquistar objetos materiais   e por causa desta luta por estes bens as vezes achamos que não precisamos de ninguém e esquecemos do afeto para com nossos companheiros e amigos e nos tornamos escravos do TER e esquecemos de SER.
Contudo deixo minha opinião sobre este texto que por sinal é excelente, gostaria poder compreender cada frase em minha vida, mas sem a prática não e chega a perfeição, temos que pelo menos tentar fazer o que O menestrel diz, é difícil mas quando você começar a mudar e as coisas mudam, é e quando  você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.


Obrigado a todos


GOSTOU? ENTÃO DEIXE SEU COMENTÁRIO....