PORTIFÓLIO DO DIEGO

NESTE BLOG, VOCÊ ENCONTRARÁ UM CONTEÚDO ACADÊMICO, INFORMATIVO E REFLEXIVO.NÃO SE ESQUEÇA DE COMENTAR.

Translate This Page

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A idiotice carregando o homem a procura da perfeição

"Se a consciência nos torna humanos, a imperfeição também é um traço distintivo de nossa espécie. Passamos mais tempo reparando erros do que construindo coisas de valor.
Assumir essa característica da nossa condição nos ajuda a ser humildes e,  o que é mais importante, nos faz tomar consciência de quanto ainda precisamos nos aprimorar. Todo fracasso ou erro nos ensina como fazer melhor.
As pessoas mais inflexíveis e perfeccionistas sofrem as consequências de seus atos imperfeitos. Se algo dá errado, costumam colocar a culpa nos outros e ficam descontroladas quando alguém mostra qualquer falha que possam ter cometido.
Nietzche nos dá o seguinte conselho: É inútil querermos ser bons o tempo todo e fazer tudo certo - o que importa é estarmos dispostos a fazer um pouco melhor hoje do que fizemos ontem.
A palavra japoneza wabi-sabi define a arte da imperfeição: no que é incompleto, irregular e antigo existem vida e beleza, pois ai está contido o desejo que a natureza tem de aprimorar a si mesma."
Quando pensamos em natureza, podemos identificar o quanto ela é imperfeita, o quanto as coisas não se encaixam, podemos ver formas geométricas irregulares que as vezes nem parecem ter sentido.
A natureza é tão imperfeita que seus designs e suas cores não se encaixam e as vezes não funcionam bem. Sera? Se pensarmos em natureza pensaremos na perfeição suprema. O problema que a imperfeição está contida em cada um, cada consciência, cada concepção.
O erro existe dentro de cada um como também existe o acerto.


Concordo que cada coisa estando em seu devido lugar ficaria mais fácil de ser encontrada ou trocada ou etc.
Mas a perfeição jamais será alcançada, pois a cada hora se deseja algo mais perfeito do 
que o anterior, e isto se tornará um ciclo vicioso que no final apenas existirá transtornos em cada individuo que gostaria de estar na perfeição.
As vezes pensar em estar melhor a cada dia e fazer por onde melhorar basta, algo tão simples que pode ser muito mais fácil, pois a cada dia querendo ser melhor e tentando ser melhor nos leva a algo melhor do que o melhor que queremos em melhorar, a idéia de perfeição nos traz o transtorno de estar ao lado da imperfeição dos defeitos, mas quando se pensa em estar melhor automaticamente está ao lado da evolução do melhor, já é um bom começo para quem nunca chegará a perfeição.
A idiotice nasce ai, quando batemos na mesma tecla onde jamais será tocada, ou jamais saíra o som desejado. 
Um conselho, não tente ser perfeito, tente ser melhor do que você foi ontem, daí pelo menos será um pouco mais inteligente.


Referencia:


Livro: Nietzsche para estressados,Autor:Allan Percy;Ed: Sextante
Imagens:Google.com(perfeição)


Gostou da Postagem? Então deixe seu comentário......

Nenhum comentário:

Postar um comentário